7 homens correram abaixo de 2h05 e 4 mulheres abaixo de 2h20 em Dubai

A cada nova edição a Maratona  de Dubai é mais  competitiva e palco de   grandes performances, sobretudo dos etíopes que em 2018 bateram os recordes masculino e feminino do percurso, tiveram sete homens fazendo  tempos abaixo 2h05 e quatro mulheres abaixo de 2h20, além de ocuparem as dez primeiras colocações no masculino e feminino.

Competidores nos 42km de Dubai Foto: Divulgação maratona/G.Giancarlo Colombo
Competidores nos 42km de Dubai Foto: Divulgação maratona/G.Giancarlo Colombo

O favorito era Tamarit Tola (ETH), medalha de bronze nos 10.000 metros nos Jogos Olímpicos Rio 2016, prata na maratona no Campeonato Mundial de Atletismo Londres 2017, campeão da edição anterior  e recordista do percurso com o tempo de 2h04min11. No feminino as favoritas eram Worknesh Degefa (2h22min36) campeã em 2017, Aselefech Mergia (2h19min31) campeã da prova em 2011, 2012 e 2015, além da também etíope Mari Dibaba (2h19min32), medalha de ouro na maratona no Mundial de Berlin em 2015 e bronze nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

No masculino um grupo com mais de 10 atletas passou o primeiro quilômetro em 2min53 e a marca dos cinco em 14min31, com média de 2min54/ quilômetro. Mais cinco quilômetros em 14min36 (2min55/quilômetro) e chegaram aos dez quilômetros em 29min07, com previsão  de  final em 2h02min51, seis segundos mais rápido que o recorde mundial.

Mais cinco quilômetros em 14min40 (2min56/quilômetro) ainda com mais de dez atletas no bloco, atingiram a marca dos quinze quilômetros em 43min47 e mais cinco quilômetros em 14min38 para chegarem na marca dos vinte quilômetros em 58min24.

Geremew nos 42km de Dubai Foto: Divulgação maratona/G.Giancarlo Colombo
Geremew nos 42km de Dubai Foto: Divulgação maratona/G.Giancarlo Colombo

A prova continuou muito disputada com mais de dez atletas passando a meia maratona em 1h01min36, com estimativa de conclusão para 2h03min12, apenas 15 segundos acima do recorde mundial. Mais cinco quilômetros em 14min32, alcançaram os vinte e cinco com 1h12min57, mais cinco quilômetros em 14min42, para nove atletas chegarem juntos a marca dos trinta quilômetros com 1h27min38.

O ritmo começou a cair um pouco, Tamarit Tola tomou a ponta e percorreu mais cinco quilômetros em 14min57 (2min59, média de 3min/quilômetro) com simplesmente sete atletas chegando a marca dos trinta e cinco quilômetros em 1h42min34. Neste momento Tola foi atrapalhado no posto de hidratação e quase caiu. Já sentindo os efeitos   do começo forte os atletas  fizeram mais cinco quilômetros em 15min07 (3min01/quilômetro) e chegaram juntos a marca dos quarenta quilômetros com 1h57min41: Tola, Asefa Mengstu, Birhanu Legese, Geremew Mosinet, Leul  Aleme Gebresilase (Campeão da São Silvestre 2016), Sisay Lemma e Seifu Tura, todos da Etiópia.

Faltando apenas 2.195 metros os sete atletas vinham juntos, agora correndo em ritmo de 2min53/quilômetro, com final imprevisível. Faltando 1 quilômetro Tola tomou a frente, mas todos foram juntos. Nos últimos 400 metros, cinco vinham disputando metro a metro, como se fosse uma prova de 1.500 metros em pista, levando o público ao delírio.

Mosinet Geremew que debutou na distância  em Berlin 2017 chegando na 3ª colocação com 2h06min09, que só havia sido inscrito em Dubai na última semana, acelerou mais forte, cruzou a linha de chegada na 1ª colocação com o tempo de 2h04, garantiu o prêmio de 200.000 dólares e o novo recorde da prova.  

Inscreva-se para a 6ª Corrida Rústica Solidária Rio das Ostras!

Leul Gebresilase foi o segundo com 2h04min02, 2º melhor debute na maratona de todos os tempos. Tamirat Tola desta vez chegou na 3ª colocação com 2h04min06, recorde pessoal, Asefa Mengstu chegou na  4ª colocação com 2h04min06, recorde pessoal e Sisay Lemma foi o 5º colocado com 2h04min08, também estabelecendo seu recorde pessoal.

Os três primeiros colocados Foto: Divulgação/A.G.Giancarlo Colombo
Os três primeiros colocados Foto: Divulgação/A.G.Giancarlo Colombo

Mulheres

No feminino mais de 15 atletas  passaram os primeiros cinco quilômetros em 16min45, ritmo de 3min21/quilômetro. Mais cinco quilômetros em 16min36, 3min19/quilômetro e alcançaram a marca dos 10 quilômetros em 33min21, com previsão final um pouco acima de 2h21. Continuaram acelerando, correram mais cinco quilômetros em 16min29 (3min18/quilômetro) e chegaram a marca dos 15 quilômetros com 49min50.

16min38 dos 15 para os 20 quilômetros e ainda mais de 15 atletas passaram a meia maratona em 1h10min07, com previsão final para 2h20min14. Mais cinco quilômetros em 16min43 e chegaram a marca dos 25 quilômetros em 1h23min09.

Dos 25 para os 30 quilômetros nove atletas fizeram em 16min32 e dos 30 para os 35 aumentaram o ritmo para 3min17/quilômetros, seis fazendo a parcial em 16min22: Dereje Bekele, Worknesh Degefa, Haylu Tesfay, Feyse Tadese, Arage Melese e Gelete Burka, ex corredora de pista. Mantiveram o mesmo ritmo do 35 para o 40 e apenas quatro atletas ficaram na briga, com a 5ª colocada já passando 12 segundos atrás e a 6ª, 25 segundos atrás.

Assim como no masculino os últimos 2.195 metros foram disputadíssimos, porém Roza Dejere que tinha como melhor marca de 2h22min43 cruzou a linha de chegada em 2h19min17, batendo a marca anterior de 2h19min31 obtida em 2012 por Mergia Asselefeche e faturando os 200 mil dólares. Feyse Tadese chegou na 2ª colocação com com 2h19min30, Yebrgual Melese chegou na 3ª colocação com 2h19min36. Worknesh Degefa, campeã da edição anterior foi a 4ª colocada com 2h19min53 e Haftamnesh Tesfay, que debutou na distância fez 2h20min13, chegando na 5ª colocação. Foi a primeira vez na história das maratonas que sete atletas no masculino correram abaixo de 2h05 e quatro no feminino abaixo de 2h20.

Homens
1. Mosinet Geremew, ETH – 2h04min – RP e parciais de 1h01min36  + 1h02min24
2. Leul Gebresilase, ETH – 2h04min02 – Debutante
3. Tamirat Tola, ETH – 2h04min06 – RP
4. Asefa Mengstu, ETH – 2h04min06 – RP
5. Sisay Lemma, ETH – 2h04min08 – RP
6. Birhanu Legese, ETH – 2h04min15 – Debutante
7. Seifu Tura, ETH – 2h04min44 – RP
8. Yenew Alamirew, ETH – 2h08min56 – RP
9. Mekuant Ayanew, ETH – 2h09min20 – RP
10. Berhanu Teshome, ETH – 2h10min27  

Mulheres:
1. Roza Dereje, ETH – 2h19min17 – RP – parciais de 1h10min17 + 1h09min10 – split negativo.
2. Feyse Tadese, ETH – 2h19min30 – RP
3. Yebrgual Melese, ETH – 2h19min36 – RP
4. Worknesh Degefa, ETH – 2h19min53 – RP
5. Haftamnesh Tesfay, ETH – 2h20min13 – Debutante
6. Gelete Burka, ETH, 2h20min45 – RP
7. Dera Dida, ETH, 2h21min45 – Debutante
8. Desi Jisa, BRN, 2h24min05 – Debutante
9. Sembere Teferi, ETH – 2h24min11 –  Debutante
10. Muliye Dekebo, ETH – 2h26min52 –  Debutante

RP= Recorde pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nelson Evêncio

Nelson Evêncio

Graduado em Educação Física. Pós Graduado em Treinamento Desportivo, Administração e Marketing Esportivo. Treinador Nível II pela IAAF. Presidente a ATC- Associação dos Treinadores de Corrida de 2009 a 2017.

Ver todos os posts