• Destaque - Quebra de recorde, novo campeão e corredora samurai são os destaques da elite na Mizuno Uphill Marathon

Quebra de recorde, novo campeão e corredora samurai são os destaques da elite na Mizuno Uphill Marathon

Por mais um ano, corredores desafiaram a altimetria e temidas curvas da Serra do Rio do Rastro. O local que possui a estrada considerada uma das mais bonitas do mundo, recebeu pela 5ª vez a Mizuno Uphill Marathon.

A primeira largada foi para os maratonistas, que partiram às 7h da manhã de Treviso, ao lado da Expo. Os atletas enfrentaram um dia ensolarado e temperatura bem diferente dos últimos anos, em que a chuva e neblina predominavam.

Prova reuniu cerca de 1.500 atletas em Bom Jardim da Serra Foto: Christina Volpe/Webrun

Prova reuniu cerca de 1.500 atletas em Bom Jardim da Serra Foto: Christina Volpe/Webrun

A prova reuniu os vencedores das últimas edições, mas no fim quem terminou com o lugar mais alto do pódio foi José Eraldo de Lima, treinador e atleta, que também bateu o recorde da distância com 3h07min53. Incentivado por amigos, o corredor que é recordista paranaense dos 3.000 metros com obstáculos, não esperava nem mesmo vencer.

“Correr maratona é algo complicado para mim, mas consegui. O percurso é muito duro e difícil, além do sol que judiou bastante. Comecei a liderar faltando apenas 4 km para o fim, quando vi o carro madrinha, cresci na prova, me motivei. Foi incrível”, lembra.

José Eraldo bateu o recorde da prova Foto: Christina Volpe/Webrun

José Eraldo bateu o recorde da prova Foto: Christina Volpe/Webrun

A 2ª colocação ficou com Gabriel Picarelli, 3h09min27, que estava participando do Desafio Samurai, mas não finalizou a segunda prova. Completando o pódio Fernando Beserra, coletor de lixo domiciliar, que em 2016 ficou com a 4ª colocação nos 42km e venceu os 25 km. Neste ano, conseguiu conquistar o lugar mais alto do pódio no Desafio Samurai.

Picarelli conquistou a segunda colocação nos 42 km Foto: Christina Volpe/Webrun

Picarelli conquistou a segunda colocação nos 42 km Foto: Christina Volpe/Webrun

“Não esperava e fico até surpreso pelo tempo que fiz, em relação aos anteriores dos campeões”. Fernando acaba treinando em seu próprio trabalho. “De segunda a sábado corro atrás de um caminhão de lixo, faço de 15 a 20 km por dia, só não é um treinamento específico, mas costumo rodar de 20 a 25 km cerca três vezes por semana. Uma média de 75 a 100 km por semana, sem assessoria esportiva e sem apoio. Independente de qualquer situação eu acredito no meu potencial e continuo no esporte”

Além da terceira colocação, Fernando também levou a melhor no Desafio Samurai Foto: Christina Volpe/Webrun

Além da terceira colocação, Fernando também levou a melhor no Desafio Samurai Foto: Christina Volpe/Webrun

Mulheres

A unânime e surpreendente campeã de todas as distâncias foi Letícia Saltori, ela venceu os 42 km (3h35min03), os 25 km (2h53min31) e finalizou o Desafio Samurai com o tempo total de 6h10min34. “O objetivo era conseguir completar bem a corrida, em busca do tempo estimulado. Terminei a maratona bem, então consegui fechar sem problemas a segunda prova, mas agora estou muito cansada”.

Letícia nos últimos quilômetros dos 25 km Foto: Christina Volpe/Webrun

Letícia nos últimos quilômetros dos 25 km Foto: Christina Volpe/Webrun

Para a atleta a torcida da Equipe Piazza de Curitiba, onde ela é uma das treinadoras junto com seu marido, fez toda a diferença. “Trouxe vários alunos para participarem. Eles estenderam a bandeira no mirante, me deram toda força e energia que precisei. O carinho e a motivação fez toda a diferença”, diz a campeã.

Conceição participou também do Desafio Samurai Foto: Christina Volpe/Webrun

Conceição participou também do Desafio Samurai Foto: Christina Volpe/Webrun


A segunda colocação dos 42 km ficou com Dione D’Agostini Chillemi, a atleta de 47 anos foi a Rainha da Serra, prêmio para o corredor que faz o melhor tempo no trecho. E após 3h36min21 de prova, sendo 1h50min38 de Serra do Rio do Rastro, ela ainda disse querer mais. “Tentei me inscrever no Desafio Samurai, mas não consegui, eu teria forças para completar”.

Clique aqui e inscreva-se para a Meia Maratona Internacional Uninter de Florianópolis. Não perca!

Fechando o pódio feminino da distância: Conceição de Maria Carvalho (3h48min41). Além de conquistar a segunda colocação nos 25km e também no Desafio Samurai, com um total  de 6h28min48. Apenas ela e Letícia completaram o Desafio.

Pódio feminino dos 42 km Foto: Christina Volpe/Webrun

Pódio feminino dos 42 km Foto: Christina Volpe/Webrun

A próxima edição da Mizuno Uphill já tem data: 1º de setembro de 2018. As pré-inscrições para o sorteio das vagas abrem no dia 1º de outubro de 2017, às 12h42.

Confira o resultado da maratona e dos 25 km!

42 km – Masculino

1 – José Eraldo de Lima – 3h07min53 (novo recorde da prova)
2 – Gabriel Picarelli – 3h09min27
3 – Fernando Bezerra – 3h12min55

42 km – Feminino

1 – Letícia Saltori – 3h35min03
2 – Dione D’Agostini Chillemi – 3h36min21
3 – Conceição de Maria Carvalho – 3h48min41

Rei e Rainha da Serra

Masculino

César Gonçalves Moura – 3h19min15 (tempo total) – 1h30min37 (tempo no trecho da serra)

Feminino

Dione D’Agostini Chillemi – 3h36min21 (tempo total) – 1h50min38 (tempo no trecho da serra)

Vencedores 25 km

25 km – Masculino

1 – Milton Evangelista – 2h01min00
2 – José Rodrigues dos Santos – 2h06min14
3 – Ademir Pedro da Cruz – 2h11min16

25 km – Feminino

1 – Letícia Saltori – 2h35min31
2 – Conceição de Maria Carvalho – 2h40min07
3 – Elida Cordeiro de Oliveira – 2h42min26

Desafio Samurai

Masculino

1 – Fernando Beserra da Silva – 42 km(3h12min55) e 25 km (2h20min19). Total: 5h33min14
2 – Paulo Sandro Viana – 42 km (3h20min06) e 25 km (2h15min9). Total: 5h35min15
3 – Renan Alcântara dos Santos – 42 km (3h25min35) e 25 km (2h13min06). Total: 5h38min41

Feminino

1 – Letícia Saltori – 42 km (3h35min03) e 25 km (2h35min31). Total: 6h10min34
2 – Conceição de Maria Carvalho – 42 km (3h48min41) e 25 km (2h40min07). Total: 6h28min48

Comentários

Tags:, , , , , , ,
Christina Volpe
Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade