Rutto vence Maratona de Chicago

Podium feminino (foto: Donata Lustosa/ WebRun)
Podium feminino (foto: Donata Lustosa/ WebRun)

EXCLUSIVO, Chicago – Hoje (10) 40 mil corredores de 121 países participaram da Maratona de Chicago. Antes da prova o clima de festa e ansiedade contagiava todos na cidade. Os trens estavam lotados e as ruas que intermadiavam a largada concentrou famílias, torecedores e curiosos.

A cidade do vento parou nesse domingo para ver os atletas passarem. O dia estava com sol e a temaperatura amena. A largada da prova aconteceu pontualmente às 8 horas. Mas os cadeirantes largaram cinco minutos antes para não pegarem o tulmuto dos corredores.

Em todos os bairros que a corrida passou haviam pessoas torcendo e incentivando os atletas. O curioso foram as bandas e performences que estavam espalhadas pelo percurso. O atleta pode escutar um pouco de blues, rock e até ver um show de ginástica enquanto corria.

Muitos voluntários montaram mesas com comidas e frutas para os corredores, além daquelas servidas pelos os organizadores.

Enquanto toda essa agitação aconteia os atletas de elite estavam bem concentrados na prova. A disputa foi acirrada até o quilometro 30 quando Evans Rutto, vencedor de Chicago 2002, passou a liderar sozinho.

Assim o queniano se manteve até o final e cruzou a linha de chegada com 2:06:16. Daniel Njenga foi o segundo com 2:07:42 e Takaoka terceiro com 2:07:49. “Estou muito feliz por estar aqui e principalmente com esse resulatdo. O tempo estava muito bom para correr”, conta o campeão da prova.

O brasileiro Marilson dos Santos ficou com a sexta posição com o 2:08:50. “Chicago foi uma prova rápida e ao contrário do que eu pensava o segundo pelotão ficou muito afastado do primeiro. Eu tive que correr entre o primeiro e o segundo grupo. O ideal para mim seria um grupo intermediário”, revela Marilson que correu sozinho.

“Eu corri a prova quase toda sozinho e isso me prejudicou um pouco. Mas as pessos na rua incentivaram. O vento prejudicou um pouco a prova”, conta o brasileiro.

Entre as mulheres a grande vencedora foi Constantina Tomescu-Dita com o tempo de 2:23:45. Olaru ficou com o segundo lugar, 2:24:32, e a russa Svetlana Zakharova na terceira posição com 2:25:01. “Essa prova foi muito boa. Eu chegeui em Chicago domingo a noite e passei a semana aqui. Estava um pouco doente e fiquei surpresa de vencer a prova”, finaliza Constantina Tomescu-Dita.

Este texto foi escrito por: Donata Lustosa

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts