Saiba como um esporte entra no programa Olímpico

Com o objetivo de evitar que os Jogos Olímpicos se tornem um evento de proporções exageradas e para viabilizar a organização, o Comitê Olímpico Internacional (COI) limita o número de atletas. Nos Jogos de Atenas 2004, foi estabelecido um teto máximo de 10.500 competidores.

Dessa forma, para que determinado esporte, modalidade ou prova seja disputado na Olimpíada, deve entrar de forma a substituir algum outro, ou seja, para alguém entrar, é necessário que alguém saia. A decisão cabe ao COI, após uma série de análises de caráter técnico.

Já fizeram parte do programa olímpico alguns esportes curiosos, como Cabo-de-guerra (1900 a 1920); Arremesso de pedra de 6,4 quilos (1904) e Corrida de barcos (1908). A olimpíada de 1988, em Seul (Coréia do Sul), marcou o último ano em que o COI promoveu esportes de exibição, que não tinham seus resultados computados no quadro de medalhas.

Confira a lista de esportes que integram o programa dos jogos de Pequim.

  • Atletismo
  • Beisebol
  • Badminton
  • Basquete
  • Boxe
  • Canoagem (slalom)
  • Canoagem (velocidade)
  • Ciclismo (estrada)
  • Ciclismo (mountain bike)
  • Ciclismo (pista)
  • Ciclismo (BMX)
  • Esgrima
  • Futebol
  • Ginástica (artística)
  • Ginástica (rítmica desportiva)
  • Ginástica (trampolim acrobático)
  • Handebol
  • Hipismo (adestramento)
  • Hipismo (concurso completo de equitação)
  • Hipismo (saltos)
  • Hóquei na Grama
  • Judô
  • Levantamento de Peso
  • Lutas (livre e greco-romana)
  • Maratona Aquática
  • Natação
  • Nado Sincronizado
  • Pentatlo Moderno
  • Pólo Aquático
  • Remo
  • Saltos Ornamentais
  • Softbol
  • Taekwondo
  • Tênis
  • Tênis de Mesa
  • Tiro
  • Tiro com Arco
  • Triathlon
  • Vela
  • Vôlei
  • Vôlei de Praia

    Este texto foi escrito por: Webrun

  • Redação Webrun

    Redação Webrun

    Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

    Ver todos os posts