Você conhece os efeitos que a corrida causa no seu corpo?

Das ações de colocar o tênis, sair para correr e voltar exausto, seu corpo passa por diversas mudanças. O organismo passa a realizar ajustes físicos e químicos para sair do estado parado e entrar em movimento. Pode parecer que não, mas esse ato gera um estresse no e exige mais dos órgãos, músculos e articulações. Mas você conhece todos os efeitos que a corrida causa no seu corpo?

Saiba o que acontece no seu corpo ao iniciar uma corrida
Foto: Adobe Stock

O que acontece com o corpo?

O nutricionista e doutor em Fisiologia do Exercício, Ricardo Zanuto, explica que o corpo passa a realizar ajustes hormonais e bioquímicos que têm como objetivo ajudar que ele suporte a corrida. “Essa atividade gera um stress, por isso, quando uma pessoa começa a correr forte logo no início ela fadiga rápido”, afirma.

+ Siga o Webrun no Instagram!

Quais as reações a corrida causa no corpo?

  • Cérebro:  aumenta a produção de serotonina, hormônio que nos dá a sensação de bem-estar e felicidade.
  • Coração:  correr fortalece o músculo do coração e a circulação, já que o órgão passa a bombear sangue para o todo o corpo de modo mais eficiente.
  • Menos risco de doença cardíaca: pesquisas revelam que pessoas que correm apenas uma hora por semana podem reduzir o risco de doença cardíaca em quase metade, em comparação aos sedentários.
  • Fortalecimento: correr também fortalece a musculatura dos membros inferiores e do core.
  • Metabolismo: correr ajuda a acelerar o metabolismo. Isso acontece porque o exercício aumenta o consumo de oxigênio através da ativação muscular, o que eleva o gasto calórico.

+ Escolha sua próxima corrida, clique aqui!

“A parte do corpo mais afetada durante a corrida é a dos membros inferiores como glúteo, quadríceps, musculatura posterior da coxa e panturrilha, além do músculo cardíaco. Para driblar a fadiga é necessário que haja um bom aquecimento e que aconteça de forma progressiva”, explica Zanuto.

Reações em um treino

1. O corpo começa buscando um equilíbrio ao consumo de oxigênio para manter-se em movimento

2. O sistema circulatório também se adapta para irrigar de forma mais eficiente as regiões mais ativas na corrida, como a musculatura. Também busca diminuir a irrigação para os órgãos que não estão trabalhando tanto

3. Corpo mantém adaptações até a pessoa alterar a intensidade novamente, seja ela aumentando ou diminuindo

4. Ao término da corrida, o corpo leva algum tempo para voltar ao estado de repouso, pois ele deve repor o que foi perdido

Leia também:

 Dicas para escolher o tênis ideal para a sua corrida 
– Fortaleça a lombar e melhore a sua performance
– Alimentação pré e pós treino: o que consumir?

– Conheça os principais benefícios da caminhada para a saúde
– Exercícios para manter o core fortalecido
– 6 dicas para começar adotar hábitos saudáveis 
– Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Confira as dicas do ortopedista!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts