Vai treinar? Saiba qual o terreno ideal para você!

Os tipos de terreno para a corrida são diversos: asfalto, grama e areia são alguns deles. As dificuldades que os diferentes pisos oferecem, podem ajudar durante o exercício, além de criar estímulos aos quais o corpo não está habituado. Isso, com certeza, vai te ajudar em seu desenvolvimento.

Porém, é importante que fiquemos atentos a alguns detalhes. Fellipe Franco, treinador na Ztrack Assessoria Esportiva, explicou quais são as vantagens e desvantagens de cada terreno, veja:

Vai treinar? Saiba qual o terreno ideal para você!
Foto: Adobe Stock

Escolhendo onde treinar

O melhor terreno para treinar, com certeza, é o piso que você irá fazer a prova de corrida. Não existe especificidade maior do que essa, porém alternar e buscar variações ajudam a prevenir lesões e até em ganho de performance. Se o atleta corre em asfalto é certo dizer que de 80% a 90% dos treinos deverão ser feitos neste tipo de piso. As variações como areia, grama e pista de atletismo são favoráveis por tirar um pouco do impacto, aumentar resistência cardiovascular, trabalhar propriocepção e aumento de velocidade.

+ Siga o Webrun no Instagram!

Conheça algumas opções:

  • Asfalto

Vantagens: por ter um piso regular e ser um terreno firme devolve a impulsão e se torna ideal para treinos de velocidade, ritmo ou longos. É o mais utilizado em provas de corrida de rua, por isso é também o que possui uma grande variedade de tênis específicos para o piso.
Desvantagens: por ser rígido causa muito impacto nas articulações, por isso corredores possuem maior número de lesões nele. O trabalho de fortalecimento é muito importante para que consiga se prevenir, além de alternar os treinos com outros terrenos, que contribuem para variar o estímulo.

  • Areia

Vantagens: amortece o impacto e dificulta a passada, isso é excelente para treinos curtos de potência e saltos. A musculatura se mantém ativa quase o tempo todo e o trabalho de equilíbrio se faz necessário para que os exercícios sejam executados de forma correta.

Desvantagens: por conta do desnível, a incidência de lesões em tornozelo, joelho e quadril é grande. Sendo assim, é importante que seja um trabalho curto com ambiente controlado e calçado específico. Outro fator é fazer o treino descalço, isso vai depender do treino e da temperatura que está a areia.

  • Grama ou terra batida

Vantagens: na grama o impacto é totalmente absorvido e isso ajuda a aliviar os treinos realizados no asfalto. Uma quilometragem mediana (de 8 km a 10 km) com a intenção de fazer um treino regenerativo em ritmo leve, é o ideal.

Desvantagens: a grama, assim como a areia, possui desníveis que podem se tornar causadores de torções e quedas com um agravante de que a vegetação pode esconder algum buraco. Por isso utilizar um tênis próprio para este tipo de terreno, conhecer o local e dobrar a atenção são três procedimentos importantíssimos.

Alguns médicos recomendam treino na grama para pessoas que estão retornando de lesão, só que este terreno não é o mais indicado já que, como dito, os buracos podem agravar ainda mais. Quando molhada, a grama se torna escorregadia e não é indica devido ao risco de queda.

+ Faça sua inscrição para sua próxima corrida de rua aqui!
+ Participe de um desafio virtual.

  • Pista de Atletismo

Vantagens: nada é igual a uma pista de atletismo. Piso totalmente plano, emborrachado para absorver impacto porém com resposta de impulsão, para que o atleta ganhe velocidade. Ideal para treinos de velocidade, ou até 5 km.

Desvantagens: nem todos têm a possibilidade de treinar em uma pista de atletismo oficial, as públicas normalmente possuem uma péssima manutenção e com isso perdem suas propriedades. Outra desvantagem, é que para você poder usufruir totalmente da sua impulsão existe um tênis próprio (sapatilha) e o valor é alto.

E aí, qual você prefere?

Leia também:

 Dicas para escolher o tênis ideal para a sua corrida 
– Fortaleça a lombar e melhore a sua performance
– Alimentação pré e pós treino: o que consumir?

– Exercícios para manter o core fortalecido
– 6 dicas para começar adotar hábitos saudáveis 
– Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Confira as dicas do ortopedista!

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts