Salada de frutas pode não ajudar sua dieta

Para uma dieta saudável é comum nutricionistas recomendarem porções de fruta durante o dia, mas se você não tem orientação deve ficar atento a como distribuir esse tipo de alimento na sua rotina.

A nutricionista Fernanda Cabanas explica que, para uma dieta balanceada, é interessante ingerir a maior quantidade de frutas possível, principalmente as da estação. “Além de apresentarem uma quantidade maior de nutrientes, também carregam uma carga muito menor de agrotóxicos. Mas, se a pessoa possui doenças como diabetes, resistência insulínica, síndrome do ovário policístico ou alteração renal, por exemplo, deve-se ficar mais atento ao consumo destes alimentos”, diz.

O mais indicado é consumir a salada de fruta tanto no café da manhã, como em lanches intermediários sem a necessidade da adição de açúcar Foto: Zé Carlos Barretta/CC BY 2.0
O mais indicado é consumir a salada de fruta tanto no café da manhã, como em lanches intermediários sem a necessidade da adição de açúcar Foto: Zé Carlos Barretta/CC BY 2.0

Sobremesa saudável

Muitas pessoas escolhem o momento da sobremesa para inserir uma salada de frutas na alimentação, mas Fernanda alerta que é necessário observar como a porção é oferecida. “As opções disponíveis em restaurantes e quitandas tem adição de açúcar e suco de laranja. Nessas condições ela oferece uma grande quantidade de carboidratos e, dependendo do objetivo ou estado nutricional do indivíduo, a salada de frutas não é uma boa opção de sobremesa”, explica.

No entanto, se não houver adição de açúcar e a porção não for além de 80 a 100 gramas contendo frutas como uva, morango, abacaxi, melão, pera, maçã, por exemplo, aí sim ela pode ser uma opção de sobremesa saudável. “O mais indicado é consumir a salada de frutas tanto no café da manhã, como em lanches intermediários sem a necessidade da adição de açúcar, leite condensado e granolas com açúcar, pois isso irá elevar a quantidade de carboidratos e calorias”, explica.

A nutricionista recomenda acrescentar à salada condimentos entre eles canela, gengibre em pó e algum tipo de fibra, como semente de chia, aveia, semente de linhaça e quinoa. “Podemos colocar também castanhas, amêndoas e nozes, que são consideradas gorduras boas. Ao acrescentar uma colher de sobremesa de farofa de nuts, por exemplo, é possível agregar a essa salada de frutas mais fibras, minerais, gorduras boas e compostos bioativos”, finaliza

Christina Volpe

Christina Volpe

Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.

Ver todos os posts