Campeões olímpicos estreiam a sapatilha prime SP Parley no mundial de atletismo

Adidas acaba de lançar no Campeonato Mundial de Atletismo a primeira sapatilha de alta performance feita com malha 3D e produzida com plástico retirado das praias e comunidades costeiras, interceptado antes de atingir o oceano. A silhueta do adidas Prime SP Parley baseia-se nas necessidades dos corredores, incorporando o cabedal Primeknit para suporte e uma armação feita a laser para reduzir peso, além de integrar o Parley Ocean Plastic para proteger os oceanos da poluição plástica.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A nova silhueta do cabedal combina a tecnologia adidas Primeknit 360º, que cria um encaixe leve e confortável, enquanto traz uma camada dupla de malha Parley para reduzir o estiramento e garantir o máximo suporte e respirabilidade de performance.

No solado, cada elemento de design contribui para tornar a corrida ainda melhor. Incorporando a armação soldada a laser e os cravos menores da tecnologia Nano-Plate, o Prime SP Parley fornece suporte e elevação reduzida, permitindo uma sensação mais natural, projetado individualmente e com pinos de precisão para minimizar a força de “arrancada”.

“Escolher o uma sapatilha é uma das decisões mais importantes que um atleta pode tomar, mas para o Campeonato Mundial de Atletismo deste ano não havia dúvida que o adidas Prime SP Parley era a única para mim. Ela faz com que cada passo seja mais natural e poderoso, as sapatilhas são tão leves que nem notei que estava usando. Eu também adorei como a cor atraente me ajuda a destacar na pista”, afirma Wayde Van Niekerk, recordista mundial dos 400m.

“É um privilégio trabalhar com atletas de classe mundial, como os campeões olímpicos Shaunae Miller-Uibo e Wayde Van Niekerk, e na concepção de produtos que ajudam  nas suas performances. Como resultado, nós criamos um design que dá uma sensação mais natural e ajuda os atletas a darem o seu melhor diante de uma pressão imensa. Graças a integração do Parley Ocean Plastic™ na silhueta, conseguimos fazer mais do que quebrar recordes mundiais, nós estamos também ajudando a salvar nossos oceanos, um par por vez”, finaliza Matthias Amm, diretor da adidas Running.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gabriel Gameiro

Gabriel Gameiro

Estudante de jornalismo, que caiu no mundo dos esportes por acidente e com o tempo aprendeu a amar. Gosta do que faz e apesar de ainda não ser um corredor ama fazer spinning e cobrir corridas.

Ver todos os posts