Seu corpo, suas escolhas: alimentação consciente nas festas

Seu corpo, suas escolhas: alimentação consciente nas festas - Foto: gpointstudio/Fotolia
Seu corpo, suas escolhas: alimentação consciente nas festas – Foto: gpointstudio/Fotolia

É muito comum em épocas festivas esquecermos do nosso objetivo e nos empolgarmos com as comidinhas servidas, certo?! Pois é. O detalhe é que, geralmente, essas datas comemorativas são compostas de apenas um dia, o que faz com que possamos recuperar o prejuízo no dia ou na semana seguinte.

Mas não é isso o que acontece na última semana do ano, entre Natal e Ano Novo. Se formos comer deliberadamente em todas as refeições, em todas as confraternizações e todos os pratos que estiverem disponíveis, podemos colocar o processo de emagrecimento a perder.

Quando digo a alimentação adequada, não necessariamente estou me referindo a uma dieta rígida, pois cada pessoa irá encontrar a estratégia de emagrecimento que mais lhe convir. Mas, me refiro sim ao equilíbrio que sempre proponho, a saber fazer escolhas que estejam de acordo com o objetivo. Ou seja: se seu objetivo é emagrecer, de nada vai adiantar você se entupir de rabanada e chocotone. Se seu objetivo é ter uma alimentação saudável, comer salgadinhos e exagerar na cerveja vai completamente contra.

+ Confira aqui o seu calendário completo de provas para 2020!

Por isso, a minha proposta para esses dias “tentadores” de final de ano é: tenha sempre em mente o seu maior objetivo! Lembre-se sempre que necessário, os seus dias de academia, a sua alimentação regrada e onde quer chegar lá na frente. Preste atenção no que está consumindo.

Algumas estratégias para uma alimentação consciente nas festas

1. Tome consciência das suas escolhas alimentares: perceba o que está comendo e, se possível e necessário, tome nota de suas refeições. Anotar te coloca em contato com as suas escolhas.

2. Tenha estratégias: analise todas as opções que tem à mesa, faça escolhas prévias e planeje o que vai comer em cada refeição. Se possível e necessário, proponha-se a quantidade certa de tudo que vai comer e beber.

3. Coma como se estivesse na sua rotina: imagine que é um jantar de um dia comum da sua vida e faça escolhas com base nesse critério.

4. Lembre-se de saborear o alimento. Coma em mordidas pequenas, em garfadas demoradas. Mastigue bem para que você sinta o gosto do que está comendo.

5. Foque no momento: tire da comida o poder que não é dela, aproveite o seu tempo com as pessoas, envolva-se nas conversas, saia de perto da mesa.

Certamente você comerá muito menos do que nos próximos anos. Coma o que sentir vontade, beba o que sentir vontade. Mas com equilíbrio, consciência e moderação.

No mais, aproveite os momentos mágicos das festas de final de ano, curta sua família e seus amigos e relaxe. Lembrando que há um dia seguinte e um ano inteirinho esperando por você.

*Fonte: Elaine Lopes – Psicóloga e coach de emagrecimento

Este texto foi escrito por: Elaine Lopes

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts