Shobukhova corre nos Estados Unidos como preparação para Olimpíadas

Shobukhova é a principal favorita para as Olimpíadas de Londres (foto: SNappa2006/Wikimedia Commons)
Shobukhova é a principal favorita para as Olimpíadas de Londres (foto: SNappa2006/Wikimedia Commons)

A fundista russa Liliya Shobukhova inicia em março seu período de competições como preparação para a maratona dos Jogos Olímpicos de Londres (05/08). Shobukhova elegeu duas provas nos Estados Unidos como parte de seu treinamento.

A primeira será a Meia Maratona de Nova York, em 18 de março. “Este ano olímpico será o mais importante de minha carreira, então estou escolhendo minhas competições com cuidado. A Meia de Nova York permitirá que eu teste minha forma contra algumas corredoras que enfrentarei na Maratona Olímpica”, analisa a russa, que deve encontrar as americanas Kara Goucher e Desiree Davila na prova, suas oponentes em Londres.

Na semana seguinte, a corredora volta às ruas da cidade que mais a consagrou em sua carreira, Chicago, onde disputa a Shamrock Shuffle, prova de oito quilômetros. A prova deve ter forte efeito motivacional para a atleta. “Permitirá que eu entre em contato com todos os ótimos fãs e corredores em um percurso que soa como um lar para mim e na cidade onde tive tanto sucesso. É a viagem perfeita”, explica.

Favoritismo– Além de ser a única pessoa na história a vencer a Maratona de Chicago três vezes consecutivas (2009, 2010 e 2011), Shobukhova venceu a Maratona de Londres em 2010. É a atual bicampeã do Circuito WMM (World Marathon Majors as maiores maratonas do mundo) e até o momento, líder do ranking 2011-2012, feitos que a credenciam como uma das favoritas ao ouro olímpico.

Sua principal adversária em Londres será a britânica Paula Radcliffe, recordista mundial e única mulher com marcas mais baixas do que a russa em maratonas. Chicago tem um precedente otimista para Shobukhova: a atual campeã olímpica, a romena Constantina Dita, venceu tanto a Maratona de Chicago quanto a Shamrock Shuffle antes de conquistar o ouro em Pequim – 2008.

Mary Wittenberg, presidente da New York Road Runners, que organiza a prova de 18 de março, não utiliza meias palavras para exaltar a fase da fundista russa e classificá-la como a principal candidata à medalha de ouro nas Olimpíadas. “Consistência é sinal de grandeza e ninguém tem sido mais consistente do que Liliya na distância da maratona nos últimos anos”, conclui a diretora.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts