Sob forte chuva, etíope Tariku Bekele vence São Sivestre

Bekele chegou sob chuva torrencial (foto: Paulo Gomes#8260; www.webrun.com.br)
Bekele chegou sob chuva torrencial (foto: Paulo Gomes#8260; www.webrun.com.br)

A categoria masculina da São Silvestre teve como vencedor o etíope Tariku Bekele, irmão mais novo do recordista mundial dos 5.000m e 10.000m, Kenenisa Bekele. Apesar do parentesco com um dos maiores fundistas da atualidade, Tariku Bekele não era tido como favorito para a prova.

“Foi a minha primeira corrida no Brasil, estou muito feliz”, diz o africano. “Nunca corri uma prova de 15 quilômetros tão dura e a chuva não ajudou”, conta o campeão.

A chuva realmente foi um grande fator de dificuldade para os corredores. Na categoria feminina, ela influenciou apenas no final da prova da elite, enquanto entre os homens a corrida se deu quase que inteiramente sob forte e ininterrupta chuva.

Logo no início, os brasileiros Damião Ancelmo de Souza e Marílson Gomes dos Santos ficaram um pouco para trás dos atletas que lideravam a prova, Tariku Bekele, o marroquino Najin El Qady e os quenianos Martin Lel, Mark Korir e Matthew Kisorio. Bekele não se intimidou com o favoritismo de Lel e Marílson e apertou o ritmo, assumindo a ponta sozinho, com média de velocidade de 25 km⁄h.

O etíope cruzou a linha de chegada com 43min35. O segundo colocado, Mark Korir, chegou 23 segundos depois. “Foi difícil porque estava chovendo muito”, conta o queniano. Em terceiro, o também queniano Matthew Kisorio foi outro a culpar as condições climáticas da prova. “O percurso não é fácil e a chuva não ajudou. Mas estou muito feliz”, afirma.

Martin Lel chegou em quarto, seguido pelo marroquino Najin El Qady. Assim como na categoria feminina, o melhor brasileiro ficou fora do pódio. Damião Ancelmo de Souza completou a prova em 44min53 e foi o sétimo colocado, Marílson Gomes foi o oitavo, com 45min06.

“São Pedro não segurou, não esperava tanta água”, brinca Damião. “Deu vontade de correr para a calçada”. Segundo o brasileiro, o forte ritmo que os africanos aplicaram no início da prova foi impossível de recuperar quando a chuva começou a cair de forma torrencial.

“Esperava um pódio, mas não foi possível. Agora só no ano que vem, com o percurso já conhecido”, pondera. “Sem dúvida prefiro esse do que o anterior”, decreta.

Confira a classificação da categoria masculina da 87ª São Silvestre:

  • 1º Tariku Bekele (ETI) 43min35
  • 2º Mark Korir (QUE) 43min58
  • 3º Matthew Kisorio (QUE) 44min12
  • 4º Martin Lel (QUE) 44min28
  • 5º Najin El Qady (MAR) 44min32

    Este texto foi escrito por: Paulo Gomes

  • Redação Webrun

    Redação Webrun

    Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

    Ver todos os posts