Sol e calor marcam edição 2014 da K42 Villa La Angostura

A edição 2014 da K42 Villa La Angostura (ARG) foi disputada sob forte calor, fato que deixou a prova mais atraente para quem estava acostumado às disputas no frio ocorridas nos anos anteriores. Mais de mil pessoas estiveram presentes nas distâncias de 15 e 42 quilômetros, realizadas respectivamente na sexta (14/11) e sábado (15/11).

A pacata cidade foi tomada por corredores. Foto: Alexandre Koda A pacata cidade foi tomada por corredores. Foto: Alexandre Koda

Villa La Angostura é uma pequena cidade localizada a 80 quilômetros de Bariloche e que tem sua economia baseada no turismo. No momento da largada da prova principal, às 9h de sábado, o ar fresco da montanha já não soprava com tanta intensidade e o sol forte começava a dar as caras no céu de Brigadeiro.

Os corredores saíram da praça principal tomada por populares aplaudindo tanto a elite quanto os mais lentos. A corrida seguiu por um curto trecho de asfalto até entrar em estradas de terra largas onde os mais apressados aproveitavam para acelerar o ritmo.

Até o Mr. Empanada correu a prova. Foto: Alexandre Koda Até o Mr. Empanada correu a prova. Foto: Alexandre Koda

Em seguida o percurso contou com travessias de rios, bosques e ladeiras até chegar à base da estação de esqui Cerro Bayo. A partir deste ponto separavam-se os meninos dos homens e as moças das mulheres, pois para encarar a trilha com mil metros de desnível positivo foi necessário muito fôlego e pernas fortes.

Antes de encarar a “pirambeira” nada melhor do que se hidratar no posto de abastecimento com água, isotônico e recuperar as energias com empanadas. Depois de chegar ao topo da montanha a quase 1.800m de altitude, todos puderam aproveitar a descida com neve para fazer um “skibunda” ou afundar os pés no gelo fofo e correr mais rápido.

As paisagens eram de tirar o fôlego. Foto: Alexandre Koda As paisagens eram de tirar o fôlego. Foto: Alexandre Koda

Após a chegada, na praça principal da cidade, todos puderam desfrutar de água, isotônico e sopa para repor as energias. Esse ano a prova contou com cerca de 100 brasileiros, o dobro do ano passado.

Entre os corredores canarinhos o mais rápido na maratona foi o jornalista Andre Savazzoni, com o tempo de 4h42min23. “Eu me emocionei várias vezes nessa prova, principalmente no alto da montanha. É um lugar com um visual incrível e a mais impressionante que já corri até hoje em termos de beleza e visual”, relata o corredor de Jundiaí. “Mas é uma prova dura e em muitos trechos tive que caminhar por uma questão de estratégia”.

André foi o melhor brasileiro na prova. Foto: Alexandre Koda André foi o melhor brasileiro na prova. Foto: Alexandre Koda

Quem também elogiou a prova foi Agustina Patterson, representante da província patagônica de Santa Cruz. “Apesar de ser muito dura, é muito linda. A parte mais difícil certamente foi no topo do Cerro Bayo, aonde íamos muito devagar e as pernas ardiam”, relata ainda ofegante.

Em sua 12ª edição, a K42 Villa La Angostura já se tornou uma prova internacional e atrai corredores de diversos países. Angela Gil veio de Cali com um grupo de colombianos e relata o que sentiu durante o percurso. “No Cerro foi complicado, principalmente por conta da neve na hora de descermos. Mesmo assim puder aproveitar e me divertir ao máximo”, relata a corredora que já fez outras provas como o Cruce de Los Andes e os 50 quilômetros da Endurance The North Face na Colômbia. “Mas eu achei essa prova a mais bonita de todas”.

15 km – Na prova menor uma curiosidade: o número de mulheres esse ano foi maior que o de homens, mostrando que elas estão cada vez mais inseridas no mundo do trail running. Entre elas uma estreante: Abril Leon, de 15 anos.

Abril fez sua estreia nas corridas de montanha. Foto: Alexandre Koda Abril fez sua estreia nas corridas de montanha. Foto: Alexandre Koda

“Comecei a treinar há quatro meses e essa foi minha prova de estreia na montanha”, conta a representante de Buenos Aires que praticava Ginástica Artística. “Aos poucos fui perdendo o interesse pela ginástica e, como minha mãe corre há muitos anos, resolvi acompanhá-la um dia e gostei”. Abril conta ainda que não sabia que estava inscrita na prova de Villa La Angostura e correu de surpresa.

Agustina veio com um grupo de colombianos para a prova. Foto: Alexandre Koda/ Webrun Agustina veio com um grupo de colombianos para a prova. Foto: Alexandre Koda/ Webrun

“Um amigo me inscreveu, mas eu estava na lista de espera. Fiquei sabendo na véspera que participaria dos 15 quilômetros. Foi uma prova dura, mas gostei muito. Quem sabe um dia venho para os 42”.

Ainda sob a “ressaca” da edição desse ano, os organizadores já abriram as inscrições para a prova de 2015 a ser realizada no dia 14 de novembro. Para garantir uma vaga basta acessar o site oficial, o www.k42series.com/argentina.

Este texto foi escrito por: Alexandre Koda

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts