Strava lança desafio para arrecadar doações a idosos em situação de vulnerabilidade

O Strava lança nos próximos dias seu mais novo desafio: “Em casa por Horas da Vida”, com intuito de engajar a comunidade esportiva a se manter ativa e fazer doações a idosos. A rede social dos atletas propõe que os usuários pratiquem atividades físicas até completarem cinco horas, em um período de um mês, e no final façam sua contribuição para o projeto, que ajuda pessoas em situação de vulnerabilidade e que está com ações voltadas para combate da COVID-19. O desafio será válido entre os dias 15 de maio e 15 de junho, e pode ser acessado através do site.

Todos os tipos de atividades dentro do Strava serão consideradas para esse desafio, priorizando aquelas feitas dentro de casa e sempre respeitando as orientações da Organização Mundial de Saúde. Ao término das 5 horas de atividades físicas praticadas, os atletas serão direcionados a uma página para fazerem suas doações a idosos. A meta é ousada: arrecadar R$ 100 mil.

Toda a verba arrecadada pela campanha será destinada ao Instituto Horas da Vida para o combate ao COVID-19 em instituições de longa permanência de idosos (ILPIs), mais conhecidas como casas de idosos, ajudando assim pessoas acima de 60 anos em situação de vulnerabilidade social.

Strava lança desafio para arrecadar doações a idosos em situação de vulnerabilidade
Arte: Francisco Martins/Strava

Os recursos serão utilizados para a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais de saúde que atuam nesses locais, cuidando diretamente dos idosos, que são o principal grupo de risco de complicações e morte com a contaminação do novo coronavírus. Também serão comprados itens de higiene de primeira necessidade para esses internos.

+ Veja aqui qual será seu próximo desafio na corrida!

Vale destacar que o número de ILPIs e idosos beneficiados será proporcional aos recursos arrecadados, portanto, quanto mais sucesso a campanha fizer, mais idosos serão beneficiados. A cada R$ 5 mil, uma ILPI será beneficiada. Se a meta total for alcançada, pode significar, portanto, uma média de até 600 idosos e 50 profissionais sendo atendidos com algum tipo de insumo necessário neste contexto de pandemia.

Assim como a atividade física regular como prática fundamental para manter a saúde é algo em que Strava e Horas da Vida acreditam e incentivam, o voluntariado e o poder de engajamento das pessoas em prol de uma causa foi o que os uniu para viabilizar essa campanha. “Neste contexto tão dramático de COVID-19, a atitude das empresas e das pessoas para atender as demandas daqueles que mais necessitam e nem sempre têm visibilidade – como é o caso dos idosos assistidos por essas instituições – é um movimento muito saudável e com resultados práticos e rápidos na prevenção, o que certamente salvará vidas”, diz Elisangela Tolosa, diretora de Desenvolvimento Institucional do Horas da Vida.

“O Strava é uma comunidade esportiva ativa e engajada. Com esta campanha, temos um propósito ainda mais nobre: ajudar os mais necessitados, neste período de pandemia. Além, claro, de estimular a atividade física em casa”, afirma Rosana Fortes, country manager do Strava no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts