Super League Triathlon: competição indoor reúne atletas profissionais

Conhecida mundialmente pelas provas intensas e dinâmicas, com variações de formatos que desafiam os maiores triatletas do mundo, os planos da marca de realizar as primeiras provas outdoor no Brasil em 2020 foram postergados diante da pandemia. Mas com a inovação e criatividade que lhe é peculiar, a marca lança agora o Super League Triathlon Indoor Experience, competição disputada no formato Enduro, que desafia os atletas a fazerem as 3 disciplinas – natação, ciclismo corrida – duas vezes seguidas.

Super League Triathlon: competição indoor reúne atletas profissionais
Foto: Reprodução/Instagram

“Fazer as 3, depois repetir a dose, é diferente. E é um diferente mais emocionante. As sensações que se tem na segunda sequência do nadar, pedalar e correr, é uma autodescoberta, tanto física, quanto emocional.” afirma Marcelo Ortiz, membro do Comitê Técnico do SLT, após participar de um dos eventos preparatórios para a competição.

+ Não perca! Confira aqui como se inscrever no SLT Indoor Experience!

Se nas provas tradicionais as distâncias são pré-estabelecidas e vence o atleta que percorrê-la em menor tempo, no SLT Indoor Experience o tempo é pré-estabelecido e o vencedor é quem percorrer a maior distância e fizer as 5 transições com a maior agilidade possível. A prova dura pouco mais de 1 hora: são 5’ de natação, 15’ de ciclismo, 10’ de corrida e então as 3 disciplinas são repetidas na sequência, sem descanso, sem baixar a frequência cardíaca.

A distância total percorrida pelo atleta nas 3 disciplinas feitas duas vezes é somada e os metros percorridos viram pontos. Um atleta de elite percorre cerca de 30.000 metros. Cada 1 metro é igual a 1 ponto, logo, neste exemplo, o atleta teria 30.000 pontos. Obtém-se o tempo gasto nas 5 transições subtraindo-se do tempo total de prova os 60 minutos gastos nas disciplinas. Um atleta de elite faz a prova em cerca de 01:02:00, ou seja, gasta cerca de 2 minutos, ou 120 segundos, nas 5 transições. Cada 1 segundo nas transições é igual a -10 pontos, logo o atleta perderia 1.200 pontos.

A pontuação total do atleta neste exemplo é de 28.800 pontos (30.000 – 1.200). Os atletas competem em uma das 5 etapas classificatórias, que começam em 29/agosto e vão até 07/novembro, divididos em baterias de 3 atletas, para brigar por uma vaga na grande final, que será disputada dia 05/dezembro, pelos melhores das classificatórias,
divididos nas categorias:

  • Elite Individual Masculina;
  • Elite Individual Feminina;
  • Amadores Individual Masculino;
  • Amadores Individual Feminino;
  • Equipes.

Super League Triathlon: os destaques

Destaque para a competição da Elite, que terá os principais triatletas do Brasil e até da Argentina. No masculino, podemos destacar nomes como Manoel Messias e Miguel Hidalgo – que devem representar o Brasil nas Olimpíadas de Tokyo 2021, Reinaldo Colucci – com duas Olimpíadas no currículo, Luciano Taccone (ARG), Felipe Bianchi, Matheus Diniz, Antonio Manssur e muitos outros.

No feminino, destaque para Luisa Baptista – que estará em Tokyo 2021, Djenyfer Arnold – que acaba de conquistar o 5º lugar na World Cup 2020 realizada dia 13/set, na República Tcheca, Bia Neres, Romina Biagioli (ARG), e outras super atletas.

+ Seu calendário completo de eventos esportivos está aqui! Não perca!

Todas as etapas são realizadas na sede da Ultra Sports Science, em São Paulo, com a natação sendo realizada em uma endless pool, o ciclismo com a bicicleta instalada em um Smart Trainer – popularmente chamado de rolo – e a corrida em esteira. Um ambiente totalmente controlado e com todas as recomendações de combate a disseminação da COVID-19 seguidas à risca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts