Tipos de piso utilizados no treinamento

Grama e terra são as melhores opções (foto: Renato Cukier Arquivo WebRun)
Grama e terra são as melhores opções (foto: Renato Cukier Arquivo WebRun)

O próximo passo é conhecer alguns detalhes da rotina de treinamento, como o tipo de piso em que devemos correr.

Variando o terreno, você descansa os ossos, tendões, articulações, porque o impacto do corpo com o chão diminuiu.

Os pisos mais indicados para a corrida são os de grama e de terra batida, uma vez que absorvem mais o impacto do corpo com o chão.

Se onde você treina não existem esses pisos e se tiver somente o piso de asfalto, reserve pelo menos os finais de semana para correr em parques ou áreas rurais onde existem pisos de grama e terra.

Lembre-se de que o pior piso para corrida é o de concreto. Portanto, evite-o ao máximo. O ideal é que de 50% a 70% dos treinos sejam feitos em pisos de grama ou de terra.

Outro fator é o de segurança. Caso você possa treinar somente em ruas ou estradas movimentadas, corra sempre no contra-fluxo dos automóveis (se possível com faixas refletoras de luz).

Este texto foi escrito por: Wandelei de Oliveira

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts