Qual o top certo para o seu treino? Confira algumas opções da Authen

Por muito tempo, a corrida foi um esporte dominado por homens. Só em 2018 as mulheres se tornaram a maioria nas ruas, segundo o estudo “State of Running 2019”, que analisou campeonatos de corrida pelo mundo de 1986 a 2018. Atualmente elas representam 50,24%. Em contrapartida, é preciso levar em conta que o corpo feminino possui necessidades diferentes de um homem, por exemplo, precisando de um top certo, que dá sustentação aos seios.

Foi pensando nesse público e principalmente nas mulheres brasileiras que a Authen, primeira empresa no Brasil a produzir uma linha de roupas de performance acessível para corredoras brasileiras, desenvolveu uma linha voltada para as necessidades femininas, a Women’s Needs.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Portsmouth (EUA), o balanço dos seios pode fazer as mulheres sofrerem o impacto de correr o equivalente a cerca de 1,6 km mais durante uma maratona. Vanessa Kotters, Diretora de Produtos da Authen, explica que ao longo dos anos, eles identificaram que muitas mulheres ainda usam top de forma errada. “Por exemplo: mulheres com seios grandes, muitas vezes, usam dois tops para correr. Isso não só pode gerar flacidez nos seios e lesões, como diminui a performance durante a corrida”.

+ O seu calendário completo de corridas virtuais está aqui!

A linha Women’s Needs, pensada estrategicamente nas necessidades do corpo feminino, – antes não abordada no mercado – atualmente, conta com o Top Leave Me, para aqueles dias de TPM em que os seios ficam mais sensíveis e o Top Shapely para seios grandes naturais, assim a corredora não precisam colocar dois tops. Para o primeiro semestre de 2020 a marca investe no Top Valorize, desenvolvido para mulheres que se sentem bem com seus seios pequenos. Assim, a Authen oferece um portfólio de produtos que atende a ampla diversidade de medidas das brasileiras, entregando performance, modelagem e estilo.

Por meio de parcerias com grandes tecelagens nacionais e estrangeiras, Christopher Spikes, fundador e CEO da Authen, buscou desenvolver tecidos exclusivos. Ao unir engenharia americana e a alma da mulher brasileira, a marca inova ao usar o design thinking, premissa pela qual cada produto é desenvolvido com um propósito. Assim, cada equipamento é pensado estrategicamente para melhorar o desempenho das mulheres em corridas, além de contribuir com autoestima e autorrealização de cada uma delas. Alta compressão aliada a leveza, proteção solar e secagem rápida no corpo são algumas das qualidades desses tecidos.

“Quando você entende que seu produto é o seu core, você ouve todo mundo, da cliente ao lojista. Eu, como Diretora de Produto, preciso pensar em todas as mulheres, e cada uma tem suas especificidades que são diferente das minhas. Por isso, damos muita importância ao feedback”, explica Vanessa.

Qual o top certo para o seu treino? Confira algumas opções da Authen
Foto: Divulgação

A executiva ainda revela um dos grandes diferenciais da empresa nesse sentido é a coprodução com as clientes e o time de esportistas da Authen. “Antes de lançar o produto, testamos com as nossas atletas. São elas quem nos dizem o que melhorar em cada produto. Por exemplo, a nossa bermuda Grit, a mais vendida no mercado, está em sua oitava geração e levou alguns meses até estar nas lojas. Mas há produtos que já levaram mais de um ano sendo desenvolvidos”, conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts