TPM: é tempo para malhar e correr

A TPM (tensão pré-menstrual) é um fantasma na vida de muitas mulheres. Algumas sofrem mais, outras menos, mas a maioria se sente bastante desconfortável nesse período do mês. Os principais sintomas são o inchaço devido à retenção de líquido, dor de cabeça, irritação, dor nas mamas, alteração no ritmo intestinal, sensibilidade à flor da pele (choram por qualquer coisa) e cólicas. A boa notícia é que correr alivia, e às vezes até elimina, a TPM.

Esses sintomas são causados pelas alterações hormonais que a mulher sofre no período menstrual. “Hoje em dia, muitas mulheres sofrem de TPM por causa do estresse do mundo em que vivemos”, explica a ginecologista Patrícia Ponte Maganha. “Elas tomam remédio porque acham mais prático. Mas o melhor mesmo é a mudança dos hábitos de vida, como a prática de exercícios físicos e uma alimentação saudável”, diz a doutora que recomenda praticar esportes pelo menos três vezes por semana.

Mas, se por um lado correr ajuda a combater a TPM, por outro, pode ser difícil encarar os treinos nesses dias por causa do desconforto. “Nessa época do mês a mulher fica mais pesada e, principalmente as atletas de ponta, sentem seu rendimento cair um pouco”, explica a treinadora Luciana Dias Lima.

“As atletas de elite têm que tomar muito cuidado com esse período já que, se não tiverem bons resultados nas provas, podem até perder o patrocinador”, diz. Nesses casos, é importante adequar as competições ao ciclo menstrual para que essa baixa no rendimento não prejudique tanto.

Nesse período também é importante a mulher se hidratar bem. Apesar da hidratação ser recomendada sempre, nesses dias a mulher perde muito sangue (cerca de 450ml por dia) e a perda dos glóbulos vermelhos está diretamente ligado ao desempenho, afinal eles são os responsáveis por transportar as moléculas de oxigênio.

Para as mulheres que se sentem incomodadas em treinar menstruadas, a dica é usar dois absorventes (um interno e um externo) e um short mais justo para manter o absorvente no lugar durante os treinos e provas. No começo, pode ser difícil sair de casa para treinar com cólica, dor de cabeça ou qualquer outro sintoma.

Porém, aos poucos, com a melhora, o difícil vai ser querer ficar em casa. Portanto, a partir de agora, quando você ouvir a palavra TPM interprete-a como: tempo para malhar, e corra!

Este texto foi escrito por: Yara Simões

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts