Treinadores enfrentam “blitz” em São Paulo

O Conselho Regional de Educação Física (CREF) resolveu atuar em alguns parques da capital paulista. Desde o mês de dezembro, seis agentes aparecem de surpresa nos locais de treino de São Paulo, para fiscalizar a atuação das pessoas que prestam serviços de orientação em atividade física, principalmente para corredores.

De acordo com o CREF, a primeira atuação aconteceu no Parque do Ibirapuera. Dos 33 profissionais registrados no parque, apenas 18 possuíam em mãos a cédula de identidade profissional. Além disso, três profissionais estavam em situação totalmente irregular.

Mas segundo o técnico Nelson Evêncio, muitos treinadores não portavam a carteirinha do CREF por falta de costume. “A turma até tem o CREF, mas como não tinha fiscalização, eles só usavam quando solicitado em algum concurso, inscrição ou alguma coisa parecida”, conta. Apesar disso, o treinador afirma que é obrigatório estar sempre com a carterinha em maõs.

Agora o CREF pretende atuar em outros parques e locais de treino da capital. O chamado “blitz” também pode voltar a acontecer no Ibirapuera. Vale lembrar que esse tipo de atuação também é realizada nas academias.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts