• Treinamento - Performance: quais treinos regenerativos você pode fazer após a corrida?

Performance: quais treinos regenerativos você pode fazer após a corrida?

Foto: Fotolia

Regeneração compreende todas as atividades planejadas e estratégias para ajudar o seu corpo a superar física e psicologicamente o estresse do treinamento. É essencial para a recuperação que a mesma seja rápida e eficiente para que o corpo esteja pronto para começar o próximo exercício.

A falha na recuperação é um fator limitante para o desempenho. O estresse acumulado ao seu tecido muscular e ao sistema nervoso exige um plano de recuperação integrado no plano diário e anual. Isto deve incluir estratégias do ciclo do sono, pré e pós-treino, nutrição, etc. Caso contrário, o risco de overtraining ou esgotamento aumenta.

Os Dois tipos de Recuperação:
Há uma grande diferença entre fazer nada e o descanso ativo. Uma combinação de ambos, ativa e passiva, irá maximizar os resultados do treinamento, reduzindo o potencial de lesão.

1- Recuperação ativa
No “descanso ativo”, faz-se uma pausa no treinamento sério, mas ainda há atividades que beneficiam o corpo, como jogar golfe, tênis ou basquete, trote leve, caminhada, ou até mesmo algum trabalho leve de flexibilidade. Não é um treino, mas também existe o benefício da prática da atividade física. Não só isso, há também a diversão.

+ Garanta sua presença na 23ª Maia Maratona Internacional do Rio de Janeiro!

2- Recuperação passiva
A recuperação passiva inclui alternativas como massagens e banhos relaxantes – frios ou quentes – de imersão. Ambos os elementos de recuperação não são apenas importantes, mas necessários. Se o corpo não tiver tempo para se recuperar, ele nunca vai melhorar.

Programas de treinamento:
A parte de regeneração com programas de treinamento tipo core performance é uma série de exercícios, mas a regeneração é também uma filosofia de vida, um reconhecimento daquilo que é necessário para planejar as maneiras de se recuperar mental e fisicamente em todas as áreas da vida. Ter dias de regeneração significa diminuir o estresse, muitas vezes duas ou três vezes por semana, para ajudar a recuperar os rigores dos outros dias de treino.

Aqui está o porquê: Se sentar para regenerar todos os dias faz com que os sistemas do corpo fiquem estagnados, como uma piscina parada e sem uso. Mas fazendo exercícios leves nos dias de regeneração, a circulação aumenta. À medida que o sangue bombeia, impulsiona nutrientes para os músculos, acelerando o processo de recuperação e retirando toxinas.

É possível fazer tudo isso sem atividades de alto impacto, apenas movendo-se o suficiente para aumentar a circulação e, propositadamente, ativar o sistema nervoso e alongar os músculos. Não há necessidade de sublinhar músculos e articulações, tudo que eles precisam é de movimento!

Fonte: Dra. Ana Paula Simões, ortopedista da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

+ Clique aqui e escolha seu próximo desafio!

Comentários

Tags:, ,
Redação Webrun
Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade