Triathlon: veja o que os cadeirantes brasileiros fizeram na Califórnia

Triathlon da CAF (foto: Mário Mello)
Triathlon da CAF (foto: Mário Mello)

Conforme prometi vou contar como foi o período que passei na Califórnia com os atletas deficientes da ADD (Associação desportiva para deficientes) e com os atletas do Brasil na Maratona de Nova York. Confira a primeira parte da Califórnia.

São Paulo – Nos sete dias que estivemos na Califórnia, Estados Unidos, no último mês, pudemos conviver e ter experiências realmente muito gratificantes. A primeira delas foi na cidade de Loma Linda quando visitamos uma escola adventista com mais de 100 crianças. Lá mostramos para elas, que apesar dos atletas terem deficiências, podem fazer os mais diversos tipos de esporte. Foi um contato muito gratificante com as crianças e elas puderam conhecer os atletas.

Já no fim de semana fomos até La Jolla, em San Diego, para participarmos do Triathlon da CAF (Challenge Athletes Foundation), em um local maravilhoso. Participamos do evento, simplesmente magnífico, e aprendemos sobre como fazer ações para arrecadar doações e manter as pessoas envolvidas e
motivadas com a causa do atleta com deficiência.

Na véspera da prova aconteceu a entrega dos kits e uma clínica de natação ministrada pelo Willie Stewart. Também tivemos um encontro com os cadeirantes comandado por um atleta cadeirante brasileiro chamado Carlos Moleda, que vive nos Estados Unidos.

O Tritahlon CAF tem caráter participativo e o que me chamou atenção foi a grande participação dos atletas com deficiência e a apresentação deles antes da prova. Parecia até a NBA. Diversos atletas cadeirantes foram apresentados com seu currículo esportivos, inclusive os brasileiros. A sensação de saber que naquele momento eles eram as maiores estrelas do evento foi indescritível.

A prova durou o dia inteiro, pois se tratava de um meio ironman, e na arena da competição aconteceu um evento paralelo com comida, vendas de produtos, prática de spinning, tudo para beneficiar a entidade e os atletas.

Em resumo foi um evento inesquecível, a arrecadação chegou próximo de 2 milhões de dólares para a entidade só neste evento. Quem quiser conhecer mais sobre a CAF acesse o site http://www.challengedathletes.org.

Este texto foi escrito por: Mário Mello

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts