Veja como foram os Jogos Abertos Paraolímpicos do Brasil

A Associação Brasileira de Desporto em Cadeira de Rodas (ABRADECAR) e a Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE) realizaram, entre os dias 2 e 5 de dezembro, os Jogos Abertos Paraolímpicos do Brasil, etapa Porto Alegre. A competição teve a organização do Clube Gaúcho de Desporto em Cadeira de Rodas (CGDCR) e Associação de Servidores da Área de Segurança Portadores de Deficiência do Estado do Rio Grande do Sul (ASASEPODE), contando com o patrocínio da Petrobrás, CEEE, Governo do Rio Grande do Sul, Banrisul e Detran/RS; além do apoio da FUNDERGS e PUC/RS.

Participaram do evento 135 atletas de 17 entidades da região Sul. A cerimônia de abertura contou com a presença de personalidades locais, entre elas o Secretário de Educação, José Fortunati; o Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Gilmar Tondim; o Diretor-presidente da FUNDERGS, Luís Celso Jacomini; e o Diretor-presidente da FADERS, Luís Gemelli; além dos atletas paraolímpicos Suely Guimarães e Luís Silva ambos medalha de ouro nas Paraolimpíadas de Atenas 2004.

O grande foco dos Jogos Abertos é a inclusão da pessoa portadora de deficiência por meio do esporte. Para isso, a ABRADECAR e a ANDE desenvolvem a competição no intuito de dar oportunidade a novos talentos paradesportistas. E isso, não faltou em Porto Alegre. Destaque para as jovens Bruna Costa, de 9 anos, e Vanessa Rockenback, de 17 anos; e para as revelações Bruna Kroth, na natação, e Maurício Stempniak, na esgrima.

Nesta etapa dos Jogos Abertos, o clube grande campeão da competição foi a Associação dos Jovens Unidos Deficientes de Criciúma (JUDECRI). A vice-campeã na classificação geral foi a Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos (AFLODEF) e em terceiro lugar ficou a anfitriã ASASEPODE.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts