Você sabe para que serve a ventosa? Conheça o método

A ventosaterapia ou cupping, realizada com ventosa, já é antiga conhecida dos atletas para alívio de dores musculares. Porém, ficou famosa nos últimos tempos com a divulgação nas Olimpíadas, quando atletas famosos e dos mais diversos países mostraram suas marcas do, até então, desconhecido método.

O tratamento não é invasivo e foi desenvolvido através da acupuntura. Tem como base a colocação de campânulas ou copos redondos de vidro sobre a pele, gerando a sucção do local, como ventosas.

+ Siga o Webrun no Instagram!

Você sabe para que serve a ventosa? Conheça o método
Foto: Adobe Stock

Como a ventosa funciona?

O principal efeito da terapia é controlar a corrente sanguínea, tendo como base a troca gasosa, visando limpar o sangue através da pele. O método consiste em “puxar” o sangue inflamado e o foco da lesão para fora do corpo.

Também existe a versão onde um líquido inflamável é acendido dentro dos copos, a diferença entre a pressão interior e exterior acaba por gerar uma força de sucção, o que estimula o fluxo sanguíneo e deixa círculos vermelhos, que desaparecem em alguns dias.

+ Faça sua inscrição para sua próxima corrida de rua aqui!
+ Participe de um desafio virtual.

A técnica é complementar a massagem e os atletas recorrem a elas para reduzir a fadiga, nutrir os músculos, aliviar as tensões, dores musculares, articulares, e principalmente inflamações e desconfortos. Ela é usada principalmente nas costas, mas pode ser feita em diversas partes do corpo, até mesmo no rosto.

É importante sempre procurar um profissional que tenha conhecimento sobre o método para que a realização saia conforme o planejado. Para realizar a ventosaterapia, procure um fisioterapeuta ou um acupunturista.

Leia também:

 Dicas para escolher o tênis ideal para a sua corrida 
– Fortaleça a lombar e melhore a sua performance
– Alimentação pré e pós treino: o que consumir?

– Exercícios para manter o core fortalecido
– 6 dicas para começar adotar hábitos saudáveis 
– Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Confira as dicas do ortopedista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts