Volta à Ilha comemora sua 20ª edição com prova emocionante

Com mais uma edição a prova Volta à Ilha moveu multidões, a cidade de Florianópolis recebeu amantes da corrida do Brasil inteiro e literalmente parou. Em todo lugar era possível ver um atleta superando seus limites para ajudar sua equipe.

O dia começou fresco e pelo céu estrelado visto pelos primeiros corredores que largaram às 4h15 da manhã, o dia ia ser de sol. Não deu outra, um lindo dia fez com que as paisagens da Ilha da Magia se tornassem ainda mais belas. As equipes percorreram 18 pontos somando 140 quilômetros nos mais diversos terrenos: asfalto, areia fofa, terra, morro e dunas sem esquecer é claro do mar de águas claras que rodeia Florianópolis.

As belas paisagens acompanharam os corredores por todo percurso, como essa linda vista do Forte São José Foto: Christina Volpe/Webrun As belas paisagens acompanharam os corredores por todo percurso, como essa linda vista do Forte São José Foto: Christina Volpe/Webrun

Como sempre um dos pontos mais comentados e temidos pelos corredores foi o Morro do Sertão, mais conhecido como Morro Maldito. Para quem fez esse trecho, além de enfrentar a altimetria de 250 metros o corredor percorreu 15 quilômetros do percurso dito como o mais difícil. Na transição deste ponto, era possível ver atletas exaustos, chegando mancando e com cãibra, mas isso não afastou o entusiasmo dos outros, muitos já planejavam estar naquele percurso na próxima edição da prova.

A maioria das equipes, sem dúvida, tinha o principal intuito de se divertir apoiando um ao outro e ficando feliz em somente completar o percurso. Mas teve gente que foi mesmo para ganhar, e os primeiros a cruzarem a linha de chegada foram os corredores da equipe Cia dos Cavalos/Flex Nutrition, com o tempo de 8h53min19. A equipe de Porto Alegre veio determinada a vencer, mesclando uma equipe jovem e velozes corredores, com atletas mais experientes.

Atletas iniciam a subida no Morro Maldito, trecho mais temido pelos corredores Foto: Christina Volpe/Webrun Atletas iniciam a subida no Morro Maldito, trecho mais temido pelos corredores Foto: Christina Volpe/Webrun

Confira todos os campeões do revezamento:

Campeão Geral: Cia dos Cavalos/ Flex Nutrition (RS) 08h53min19

Aberta
1º – Supermercado Jacomar (PR) 09h15min06
2º – SEM Apiúna/Acara (SC) 09h31min47
3º – D-Run Bionexo I (SP) 09h39min57

Aberta Mista
1º – Base 1 (RS) 10h04min04
2º – Equipiazza (PR) 10h25min15
3º – Sprint Assessoria Esportiva (SC) 10h30min19

Dupla
1º – André Villarinho (GO) 10h41min39
2º – Acrimet/ Tem Esportes/ Agnaldo S (SP) 11h31min37
3º – Gustavo Ponto GPAE (SC) 12h02min56

Veterana 40
1º – Nossa Saúde (PR) 10h23min56
2º – Relouvox/Hidra (PR) 10h48min15
3º – Oxteam The Eagles (MT) 10h52min23

Veterana 50
1º – Companhia dos Cavalos/POUPEX (RS) 10h49min32
2º – Chão do Aterro (RJ) 11h03min53
3º – Corre-Bloc (SC) 11h06min47

Veterana Mista
1º – Campos Running/Paquetá Esportes (RS) 10h29min41
2º – Clube de Corrida Formacco 1 (SC) 11h14min43
3º – Chão de Aterro 2 (RJ) 11h52min24

O revezamento é um dos momentos mais importantes para as equipes Foto: Christina Volpe/Webrun O revezamento é um dos momentos mais importantes para as equipes Foto: Christina Volpe/Webrun

Este texto foi escrito por: Christina Volpe

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts