Vida saudável: Yoga contra o inchaço

Sabia que em um dia você pode ganhar de um a dois quilos sem aumentar seu nível de gordura? Esse é um dos principais sintomas da retenção de líquido. O organismo não os elimina e passa a acumulá-los entre as células. Normalmente, as mulheres sofrem mais com isso, principalmente no período pré-menstrual, mas alguns homens também lidam com inchaços.

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Para o professor da Bio Ritmo Isaias Leme a primeira providência é procurar um médico para constatar se o inchaço é alguma patologia. “Uma das consequências para as pessoas que ficam o dia inteiro em pé ou sentadas em frente ao computador é o inchaço nas pernas, pois o sangue não circula direito. O yoga serve para restabelecer a circulação e colocar os líquidos na espessura e velocidade corretas”, afirma.

Para Leme, algumas posições de yoga ajudam a desinchar. Independente do motivo: seja retenção de líquidos, alimentação ou outros motivos. “Alguns movimentos e ásanas (posturas) ajudam a evitar o inchaço, entre eles o abrir e fechar das mãos , circular braços, pescoço, quadril e pés, o que chamamos de Pavan Muktasana, bem como as torções de tronco e até mesmo invertidas”, explica Leme.

 

 Participe da 4ª Corrida da Mulher Amazônica!

 

A professora de yoga Amanda Preto conversou com o Webrun e ensina diversas posturas que podem ajudar a estimular o sistema linfático e eliminar o inchaço. Veja:

– Gire os pulsos em sentido horário e anti-horário com braços paralelos. Depois abra e feche os dedos rapidamente. Com as pernas estendidas gire os pés.

– Deite no mat com as pernas para cima apoiadas na parede, a vascularização reversa ajuda quem tem enxaqueca.

– O adho mukha shvanasana ou cachorro olhando para baixo ajuda a acabar com a tensão nas costas. O ideal é que seja feito com a duração de 5 a 10 respirações. Sempre pelo nariz lentamente, abrindo bem as mão para ajudar a distribuir o peso e não concentrar ele todo na palma. Permaneça com o quadril elevado para o alto o máximo possível.

– Halasana alivia tensão nas pernas. Você precisa estar com o tríceps bem contraído e a cervical quase sem encostar no chão, caso sinta algum incômodo não force o movimento. Ele estimula o sistema endócrino, porque você comprime seu pescoço onde se encontra a teroide. O ideal é que fique na posição até no máximo 10 respirações.

– Surya namaskar ou saudação ao sol ajuda a circular energia, ele é composto por uma série de movimentos, faça isso todos os dias de manhã como uma preparação para a rotina. Antes de fazer o surya namaskar, prepare suas articulações, é de grande ajuda.

– Para fazer na cama ao acordar: se quiser estimular o sistema digestivo e evitar inchaço abdominal o indicado é uma torção deitado. Abra os braços, juntando as pernas e vire para os dois lados da cama.

– Baddha konasana ou postura da borboleta: basta unir os pés e jogar os joelhos para baixo. Essa postura estimula o sistema linfático, já que a virilha tem muitas glândulas deste sistema.

– Vrksasana ou postura da árvore. Basta colocar o pé perto da virilha e manter o equilíbrio. Esta postura estimula o trabalho de fortalecimento do pé e o retorno venoso da panturrilha. Mãos unidas na frente do peito ou da cabeça, basta fazer durante cinco respirações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gabriel Gameiro

Gabriel Gameiro

Estudante de jornalismo, que caiu no mundo dos esportes por acidente e com o tempo aprendeu a amar. Gosta do que faz e apesar de ainda não ser um corredor ama fazer spinning e cobrir corridas.

Ver todos os posts