Yohansson Nascimento leva ouro e recorde mundial nos 200m T46

O brasileiro costuma ser o mais baixinho entre os adversários (foto: Fernando Maia /CPB)
O brasileiro costuma ser o mais baixinho entre os adversários (foto: Fernando Maia /CPB)

O Brasil tem feito bonito no atletismo dos Jogos Paralímpicos de Londres e nesse domingo saiu mais uma medalha de ouro: dessa vez nos 200m da categoria amputados e Les Autres com Yohansson Nascimento. Ele marcou 22seg05 e estabeleceu o novo recorde mundial da competição.

Na semifinal Yohansson se classificou com o segundo melhor tempo, atrás apenas do cubano Raciel Gonzalez Isidoria, mas na final ele usou todo o seu fôlego para deixar o adversário com a prata em mais de dez segundos de diferença. Gonzales marcou 22seg15, enquanto o australiano Simon Patmore foi o terceiro, com 22seg36.

“Já tinha sido bronze e prata nessa prova. Faltava o ouro e ele veio abençoado aqui em Londres. A prova foi como uma luta entre Davi e Golias. Eu sempre sou o mais baixinho, mas estava muito focado, bem preparado e venci”, comemora o atleta que nasceu sem as duas mãos.

Após cruzar a linha de chegada, ele tirou um papel do bolso com um bilhete pedindo a namorada em casamento. “Quis aproveitar esse momento”, comenta o brasileiro que deixou a noiva em Maceió para treinar em São Paulo. “Pelo telefone, Thalita aceitou o pedido”.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts